Ainda não possui cadastro? Cadastre-se
MENU
MENU

Western Digital anunciou HDDs de 20TB

16/09/2021 10:10


Western Digital anunciou HDDs de 20TB com arquitetura OptiNAND

A Western Digital apresentou no dia 01 de setembro, em seu evento digital, o primeiro drive físico do mercado de 20TB que utiliza módulo iNAND de memória flash embarcado, possibilitando melhor desempenho em discos físicos com capacidades elevadas de armazenamento.

A tecnologia OptiNAND consiste em nove discos de 2.2TB ePMR (energy-assisted perpendicular magnetic recording technology / tecnologia de gravação perpendicular magnética assistida), atuador em três estágios para um melhor posicionamento do cabeçote de leitura/escrita e um módulo de memória iNAND embarcado cuja capacidade não foi revelada, além do SoC proprietário desenvolvido e fabricado pela própria Western Digital. A empresa optou por não trabalhar com parcerias no desenvolvimento do SoC, se assegurando que teria total controle de qualidade do sistema que garante a comunicação entre os 9 discos e a unidade flash iNAND.

Uma das melhorias notáveis da nova tecnologia é que diferente dos discos físicos tradicionais, os metadados de redundância armazenados para evitar perda de dados e otimizar o acesso aos mesmos não ficam armazenados em trilhas adjacentes entre os discos, mas na unidade flash iNAND, melhorando tanto precisão quanto velocidade de acessos, aumentando dessa forma as velocidades de leitura e escrita e minimizando perda de dados.

Outra vantagem da utilização da unidade flash é que o armazenamento dos metadados opera em nível de setores, reduzindo a interferência de trilhas adjacentes e melhorando ainda mais o desempenho dos discos. O módulo iNAND embarcado também é capaz de armazenar até 100MB de cache, prevenindo perdas consideráveis de dados em faltas momentâneas de energia.

Devido a essas formas ativas de assegurar capacidades elevadas de armazenamento com precisão e eficiência, os novos drives Western Digital baseados na arquitetura OptiNAND devem consumir um pouco mais de energia, sendo esta a única diferença efetiva entre eles o os atuais discos físicos. Sendo assim, equipamentos com baias de discos de 3,5 polegadas devem ser perfeitamente compatíveis com uma atualização para os novos drives, desde que a alimentação dos sistemas não esteja muito subdimensionada.

Fonte: Adrenaline



NOTÍCIAS